terça-feira, 31 de março de 2009

.. e a sua janela?

Sempre procurei entender cada um, cada ponto de vista, sempre sonhei alto e sempre sorri acima de tudo mas tudo mudou.Eu poderia ver uma guerra lá fora, que narrava flores e um dia de sol pra mim.Mas foi só eu encontrar uma outra janela, onde eu podia ver, e não ficava esperando alguém dizer o que lá tinha pra mim.Foi só eu encontrar a beleza que ela trazia pra eu deixar de lado á outra.O que eu ando fazendo da minha vida ?!Eu passei tanto tempo sem ver que quando vi o que tinha lá fora.E eu já nem sei se o que eu vejo é verdadeiro ou só é mais uma fantasia, um papel de parede falso.Percebi que eu sinto saudade, saudade da tua janela, onde eu não via nada, mas você fazia com que tudo parecesse luz na escuridão.O que eu ando fazendo da minha vida ?!Eu pensei que tinha tudo, mas agora eu vejo o que a vida trás pra mim.Objetos materiais já não me satisfazem mais. Eu preciso de uma ideologia.Eu realmente preciso me recompor antes de cair aos pedaços.Sei que já é tarde para elas. Será que ninguém mas pode me ouvir além das estrelas ?!Vai ser mais um tormento pra mim.O que eu ando fazendo da minha vida ?!É tudo estranho pra mim.é a minha janela que eu preciso abrir, são as minhas maneiras que eu preciso mudar.Eu respiro fundo e tento me tranqüilizar com a idéia de que tudo não vai ser sempre assim; mas ultimamente as noites parecem não passar.. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Lave sua vidraça!

7 comentários:

Yaas disse...

aaaah, que bom que você voltou menine *-* estava com saudades dos seus posts.
pois é, acho que sinto a mesma coisa nos ultimos dias, como se precisasse de mais alguma coisa, uma coisa que não se pode pegar, muito menos se comprar... só falta acha-la.
beeeijos :*

Sofih disse...

Antes de reclamar do quintal do outro, tem que ver se não é a própria janela que tá suja.
Em uma hora dessas, ou eu fecho a cortina, ou pulo a janela pra lutar.
É importante correr atrás!
Beijoos

Má. disse...

Que liiindo
*--*
Adorei..
ainda assim acho que tbm depende bastante de como a gente olha. Não só da janela, mas sim dos nossos olhos ^^

;****

Natie disse...

Lindoo!!! Vc tem mtu talento com as palavras... Futura jornalista? :)
Eh verdade... a gente gosta de olhar na janela alheia e esquece da nossa...
Beijooo!!!

Marcella ♥ disse...

Bem vinda de volta a blogsfera!

Passei a olhar as coisas por outra janela também, passei a enxerga-las de outros angulos, e senti vontade de sair correndo para a minha querida janela de sempre!

Adorei!
Post novo no meu blog!

Cinthia :~ disse...

Push *-* seus textos são tão tocantes *-* me identifiquei muitão com eles, e fora que você escreve super bem *-* Parabéns (:

Andréia disse...

uma lição muito valiosa porém hiper dificil de aprender.


beijos